BENEFÍCIOS DE APRENDER IDIOMAS DESDE PEQUENOS

Quer sejas criança ou adulto, aprender um idioma implica fazer um grande esforço. Muitos estudos demonstram que, quando se é mais jovem, ou pequeno, é muito mais fácil.


Quando os pais decidem que os seus filhos devem aprender mais um idioma, fazem-no pensando nos benefícios atuais e futuros. No entanto, será que é uma boa decisão? É adequado para o seu crescimento ou desenvolvimento cognitivo?


A resposta é sim. Na verdade, proporciona muitos mais benefícios do que pensamos:

Benefícios cognitivos: embora possa surpreender, aprender um idioma faz com que as crianças desenvolvam mais o conhecimento cognitivo do que o linguístico. Por isso, os novos idiomas despertam a criatividade das nossas crianças, fazem-nas exercitar a memória, favorecem as multitarefas, a agilidade para a resolução de problemas... em suma, fazem-nas estar atentas a novos estímulos e a aprender a geri-los.


Melhor rendimento académico: os benefícios cognitivos comentados no ponto anterior, ajudam a melhorar o rendimento académico das crianças, proporcionando-lhes, sobretudo, capacidades de pensamento crítico e agilidade mental. Estas duas características transferem-se e aplicam-se inconscientemente em todas as áreas da educação curricular.


Melhor linguística: antes dos 8 anos, o cérebro das crianças é uma “esponja”. Por outras palavras, absorve todos os conhecimentos de uma forma natural e sem esforço aparente. É por isso que, em caso de aprendizagem dos idiomas, começar numa tenra idade, é o ideal. O cérebro das crianças está preparado para aceitar e desenvolver idiomas novos com os quais, quanto mais cedo começarem, mais corretas serão a linguística e a pronúncia.


Mais cultura: saber idiomas não só abre as portas para um melhor futuro profissional, como também abre a mente e torna as pessoas mais tolerantes. Todos os pais querem que os seus filhos sejam capazes de comunicar e transmitir as suas ideias da melhor forma possível e não há dúvidas de que saber idiomas ajuda a conseguir este objetivo.


Se quiseres ler mais informações sobre este tema, podes visitar websites como: etapainfantil.com, crecerfeliz.es o serpadres.es



Voltar